Música

Selo Sesc lança Eu sou assim

Um disco duplo em homenagem ao sambista Wilson Baptista

Autor de mais de 500 sambas, entre eles clássicos como “Louco (Ela é o seu mundo)”, “Acertei no Milhar” (com Geraldo Pereira) e “Oh, seu Oscar”, Wilson Baptista ganha homenagem no disco duplo Eu sou assim, que será lançado pelo Selo Sesc nos dias 28 de julho (digital) e 05 de agosto (físico).

O primeiro single, “Meu mundo é hoje”, com seu indefectível verso (Eu sou assim/ Quem quiser gostar de mim, eu sou assim…), chegou às plataformas digitais no dia 21. Shows de lançamento no Sesc Vila Mariana nos dias 05 e 06 de agosto.

O disco conta com 30 faixas e é, segundo o pesquisador, produtor e músico carioca Rodrigo Alzuguir, um “nó no tempo”.

A voz do próprio artista, que nasceu há 110 anos (e faleceu há 55), é recuperada por meio de registros caseiros feitos por ele em um gravador de rolo e em uma fita demo gravada para o projeto de um LP da cantora Telma Soares em meados da década de 1960, que acabou não sendo lançado.

Em Eu sou assim, o material ganhou arranjos novos e muitas participações especiais. A lista é extensa e inclui nomes consagrados e novos, todos admiradores de Wilson: Alexandre Rosa Moreno, Ana Bacalhau, Áurea Martins, Ayrton Montarroyos, Beatriz Rabello, Cristina Buarque, Dori Caymmi, Filó Machado, Ilessi, João Bosco, Joyce Moreno, Larissa Luz, Lívia Nestrovski, Maíra Freitas, Marcos Sacramento, Mônica Salmaso, Moyseis Marques, Nei Lopes, Ney Matogrosso e Pretinho da Serrinha.

Entre os clássicos, além das já citadas, músicas que revelam a atemporalidade do compositor como a social “Pedreiro Valdemar”, canção de 1948 que fala do operário que constrói casas para muita gente e não tem uma para morar e “Nega Luzia” (aquela que “recebeu o Nero” e “queria botar fogo no morro”).

“Além das faixas ´lado A e B´ do artista, o álbum inclui sete músicas inéditas do Wilson, garimpadas por mim e gravadas aqui pela primeira vez. São elas: ´Calúnia, ´Boato de felicidade´, ´Fui olhar nos teus olhos´, ´O bom é ele´, ´Minha infância´, ´Sossega a moringa´ e ´São Paulo antigo´, conta Alzuguir, que também assina a biografia Wilson Baptista, o Samba Foi a sua Glória (Casa da Palavra), lançada há 10 anos.

Para Danilo Santos de Miranda, diretor do Sesc SP, Wilson Baptista é “daqueles artistas brasileiros que – por conta de circunstâncias adversas que atingem especialmente a população negra – não tiveram o merecido reconhecimento na história da cultura. Seu nome é ainda pouco conhecido pelo público geral, apesar da admiração que sempre causou

. É preciso eternizar o autor de ‘Meu mundo é hoje’, gênio incontestável e referência musical para todos os grandes nomes que surgiram depois no samba. Com o álbum Eu sou assim, o Sesc SP amplia o acesso a um compositor essencial na história da música brasileira”.

Mais sobre Wilson Baptista

Nascido em Campos, interior fluminense, em 1913, o compositor Wilson Baptista é autor de mais de 500 sambas, clássicos fundamentais de nossa música que permeiam toda a roda de samba que se preze. Sua vida foi marcada por uma vasta criação de composições e uma vida inteira (e intensa!) dedicada ao samba e a seu amor ao Flamengo. Faleceu precocemente, aos 55 anos, no Rio de Janeiro, de cardiomiopatia dilatada, ou “coração de boi”, como se dizia à época. Como conta o biógrafo Rodrigo Alzuguir: “Foi no hospital Souza Aguiar. O enterro se deu à noite, solicitação do morto, que também exigiu estar vestido de smoking. Noite de lua cheia, memorável para os poucos amigos presentes que cantaram ‘Oh, seu Oscar’ entre outros sucessos de sua autoria, à beira do jazigo da União Brasileira de Compositores, onde seu caixão foi sepultado”.

SERVIÇO
Wilson Baptista – Eu sou assim

Show de lançamento do álbum Wilson Baptista – Eu sou assim em homenagem ao compositor Wilson Baptista. Participações de Ilessi, Marcos Sacramento, Filó Machado e Rodrigo Alzuguir.

Datas: 5 e 6/8. Sábado, às 21h. Domingo, às 18h.

Local: Teatro Antunes Filho – Sesc Vila Mariana
Classificação: 12 anos

Duração: 90 minutos

Ingressos: R$ 15 (Credencial Plena), R$ 25 (meia) e R$ 50 (inteira) à venda no site e aplicativo Credencial Sesc a partir de 25/7, às 17h. Nas unidades do Sesc a partir de 26/7, às 17h.

Tania Voss

Tânia Voss é jornalista formada, colunista social e assessora de imprensa. Tudo começou no Jornal Destaque do município de Taboão da Serra, na editoria de variedades com entrevistas de cantores e artistas famosos da época. Em breve, completará 35 anos de carreira e profissionalismo no Jornalismo. Desde a faculdade atua na área de variedades e especialmente com famosos. Começou escrevendo a Coluna do Gugu nos jornais impressos Popular da Tarde e Diário Popular, depois foi a primeira jornalista e colunista social ainda desconhecida a brilhar no famoso jornal do povão Notícias Populares, agitando o Brasil com suas manchetes bombásticas. Hoje no mercado existem livros e teses sobre o trabalho da jornalista quando trabalhava nos anos 90 no NP. De lá pra cá foi jurada em programas de TV, programas de rádio com notícias de famosos, troféus e homenagens. Como colunista escreveu e representou a Revista Raça Brasil e Raça Visual, por todo o Brasil e exterior.. Colunas em várias revistas, jornais, sites e atualmente assina uma página de famosos no site Cartão de Visita do Portal R7, tem o blog Universo da Fama, além de participações no site da Rede Brasil . As casas mais badaladas, restaurantes, bares, festas, lançamentos, shows, entrevistas, eventos sociais em geral, coletivas de imprensa, bastidores e tudo sobre o meio artístico você vai encontrar aqui. @tania.voss

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo