Noticias

Cantora Maya fala sobre sua relação com a moda e inspiração em Kylie Jenner

A jovem gosta de usar roupas de marcas, mas não descarta peças com preços populares

Assim como grande parte dos jovens, a cantora Maya, de 20 anos, está antenada com o que está em alta na moda.  A artista, que recentemente lançou o single ‘Malvadeza’, inspirado nos craques da seleção brasileira de futebol, principalmente Vinícius Júnior, o Vini Jr., acompanha tendências e, a partir dali, procurar inspirações e montar o seu estilo. 

“Gosto bastante de acompanhar o que está em alta. Portais de moda, influencers, sites dos maiores estilistas, estilo Gucci, Yves Saint Laurent, Louis Vuitton, Zara, Miu Miu, Prada, etc. Inclusive fiz um Pinterest, onde salvo as coisas que eu gosto e que influenciam no dia a dia”, conta a artista, que gosta do estilo de  Kylie Jenner. 

“No Instagram dela sempre vejo os posts, inclusive um de seus looks me chamou muito a atenção, um vestido preto longo, luvas pretas, com uma coroa estilo rainha da Pérsia. A atriz Zendaya costuma ir às premiações com vestidos deslumbrantes, é outra que me influencia muito”. 

Maya também recordou da primeira roupa de grife que teve. Ela conta que se lembra do episódio e que já gostava de se arrumar. 

“Lembro quando eu era bem pequena, minha mãe me levava numa loja incrível em São Paulo, chamada Daslu. A primeira roupa que tenho lembrança, um vestido para uma festa de família da marca Zara. Isso ficou na minha memória, porque nós, como mulheres, temos aquela fantasia de princesa, ficamos deslumbradas com aquela coisa de se arrumar pra sair, arrumar o cabelo e maquiagem”, destaca. 

Como toda mulher, a cantora adora uma loja de sapatos, e também bolsas. ‘E acessórios então? Eles são a minha paixão. Adoro um shortinho, calças largas, como não tenho uma altura, uso mais saltos e tênis e botas de plataforma. Quem não adora ir ao shopping e passar o dia vendo as novidades?”, completa. 

Mas, apesar disso, ela não acha que para se vestir bem precisa ser uma peça cara ou de marca. Desde que se encaixe no seu estilo e que seja confortável, Maya não descarta roupas mais em conta.

“Gosto bastante das mais conhecidas, mas, se tiver aquela pecinha que me chama a atenção e acho bonita, não costumo me privar de adquirir algo que não é de marca, ou que seja num preço popular. Desde que seja bonito para o meu gosto e me sinta bem usando, não tenho problema”, finaliza.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo