Curiosidades

Conheça o fetiche Cuckold e Hotwife

Através do Guia Meio Liberal, a Villa Imperium fala sobre diversos assuntos e ajuda a eliminar dúvidas

O Cuckold é um fetiche que está ganhando espaço no Brasil e vem sendo cada vez mais explorado pelos casais que buscam novas experiências sexuais. O termo é derivado da natureza, onde o pássaro cuco aceita em seu ninho uma fêmea que vai botar ovos de outro macho, deixando o cuco macho com o papel de cuidar dos filhotes de outra espécie.

Na prática, o fetiche consiste em permitir que a parceira tenha relações sexuais com outro homem enquanto o parceiro assiste ou participa da relação sexual. Em muitos casos, o parceiro do cuckold fica excitado em assistir a esposa ou namorada tendo relações com outro homem e até mesmo em saber que ela está sendo satisfeita de uma maneira que ele não pode.

O Cuckold é um dos fetiches que mais crescem no país, sendo uma das pesquisas mais realizadas no site por homens, especialmente nas regiões Sul e Sudeste. Os casais que praticam o fetiche afirmam que isso pode fortalecer a relação, desde que haja um acordo entre as partes e que sejam respeitados os limites estabelecidos.

Como o cuckold é praticado?

O Cuckold pode ser praticado de diferentes formas, como por exemplo, a esposa ou namorada saindo para encontrar um single e depois contando os detalhes para o parceiro. Outra opção é a mulher transar com um parceiro enquanto o cuckold escuta tudo de outro cômodo. Há também a opção de a companheira sair para um encontro e gravar tudo para depois mostrar ao parceiro, ou ainda, o voyeurismo em que o parceiro fica só observando a relação sexual entre a parceira e o amante.

Embora o Cuckold seja uma prática consensual, é importante que os casais estabeleçam regras e limites claros para que tudo ocorra de forma segura e confortável para ambos. Além disso, é importante lembrar que o fetiche não é para todos e pode não funcionar para alguns casais.

Mais confiança no relacionamento

Muitas pessoas que praticam o Cuckold relatam que o fetiche aumentou a sua confiança e autoestima, além de terem descoberto novas formas de prazer. No entanto, é importante lembrar que a prática deve ser sempre consensual e respeitando os limites de cada pessoa envolvida.

Alguns terapeutas afirmam que o Cuckold pode ajudar casais a se comunicarem melhor, a explorarem suas fantasias e a fortalecerem sua relação. No entanto, é importante ressaltar que a prática não deve ser usada como uma solução para problemas de relacionamento e que deve ser sempre tratada como uma escolha pessoal e não uma obrigação.

Como iniciar no fetiche?

Para iniciar, o ideal é que conheça primeiro um local em que possam se sentir seguros e observar como tudo funciona. Uma ótima opção é escolher uma casa de swing na noite temática Cuckold & Hotwife. A Villa Imperium promove às quintas-feiras um ambiente de atrações que estimulam a prática do fetiche cuckold com apresentações, músicas e ambiente sensual.

Nesta noite a casa é aberta para o público de casais e solteiros, por ter esse público específico a casa promove brincadeiras interativas para que casais e solteiros se sintam integrados e estimulados. É uma ótima oportunidade de explorar esse desejo e entender se de fato o casal vai gostar.

*Lembrando que em uma casa de swing, como a Villa Imperium, é um ambiente que promove a segurança e bem estar dos seus visitantes, tudo é permitido, mas NADA é obrigatório!

Por isso, se você tem alguma dúvida ou quer saber mais, pode enviar um direct no @guiameioliberal que será respondido(a) com o maior prazer.

E se quiser conhecer a Villa Imperium, entre em contato pelo whats: (11) 947580522 ou pelo Instagram @villaimperiumeventosoficial.

Este artigo foi escrito por Guia Meio Liberal com apoio da Villa Imperium

Instagram:

@villaimperiumeventosoficial

@guiameioliberal

Thiago Michelasi

Thiago Michelasi é jornalista, assessor de imprensa e apresentador de TV. Atualmente é CEO do Tô Na Fama!, portal parceiro de conteúdo do IG e apresentador do Programa Tô Na Fama! em afiliadas da Rede TV!. Além disso é colunista no Cartão de Visita do R7, no IG Gente, no Meia Hora e de diversos outros portais além de já ter sido colunista também no Observatório dos Famosos do UOL. Siga Thiago Michelasi no Instagram: instagram.com/thiagomichelasi

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo