NoticiasTelevisão

Estúdios Globo cria núcleo dedicado à produção de Documentários para as plataformas Globo

A Globo anunciou hoje a criação de um novo núcleo nos Estúdios Globo que vai potencializar o desenvolvimento e produção de Documentários para as múltiplas plataformas da Globo.  Com o novo desenho organizacional, o Núcleo DOC, liderado por Anelise Franco,  trabalhará com as direções de Gêneros de acordo com a temática  do conteúdo.

“Reconhecendo a enorme importância dos documentários para todas as plataformas Globo, especialmente Globoplay e TV Globo, estamos criando o NÚCELO DOC dos Estúdios Globo.  O novo núcleo terá o papel de articular os talentos e recursos necessários em cada projeto. Da mesma forma como atua o nosso NÚCLEO DE FILMES, o NÚCLEO DOC vai trabalhar sempre em conjunto com um Diretor de Gênero, a depender do tema a ser retratado”, explica Amauri Soares, diretor dos Estúdios Globo, TV Globo e Afiliadas. 

Abaixo o Comunicado Interno

Companheiros, 

Os Estúdios Globo têm tido uma produção consistente e vitoriosa de documentários nos últimos anos. “Em Nome de Deus”, “Tim Maia”, “Nara leão”, “Xuxa”, “Vale o Escrito”, “Chic Show”, “Arnaldo Antunes”, “Erasmo Carlos” e “Marisa Monte” são títulos que nasceram pelas mãos dos criadores e produtores dos Estúdios Globo – cito, especialmente, a contribuição de Pedro Bial, um realizador brilhante de documentários. Há outros títulos em diferentes fases de desenvolvimento e produção. E, em breve, lançaremos o documentário “Jô Soares”. 

Reconhecendo a enorme importância dos documentários para todas as plataformas Globo, especialmente Globoplay e TV Globo, estamos criando o NÚCELO DOC dos Estúdios Globo. O NÚCLEO terá o papel de articular os talentos e recursos necessários em cada projeto. Da mesma forma como atua o nosso NÚCLEO DE FILMES, o NÚCLEO DOC vai trabalhar sempre em conjunto com um Diretor de Gênero, a depender do tema a ser retratado. O diretor de Gênero será o responsável artístico de cada projeto. 

A líder do nosso NÚCLEO DOC será a Gerente de Produção Anelise Franco, que atuou em vários dos documentários que realizamos. Ela e o Núcleo DOC seguem em S. Paulo. 

A criação do NÚCLEO DOC, como eu disse, reconhece a qualidade e a relevância da entrega de documentários nos últimos anos. O mérito é de todos os criadores e produtores que estiveram na jornada. Quero registrar a contribuição de Monica de Almeida e Mariano Boni, além da do Pedro Bial, já mencionada. Os três seguirão envolvidos como criadores em projetos de documentários. 

Parabéns a todos que ajudaram a construir esta história. 

Muito sucesso para a Anelise na coordenação do Núcleo. 

E estamos sempre abertos a ideias e sugestões de novos documentários. 

Abraço, 

Amauri 

Thiaggo Camilo - @thiaggocamilo

Jornalista e assessor de imprensa. Foi jurado do quadro musical do programa Mais Show com Danny Pink na Rede Vida. Colunista do Tô Na Fama!, portal parceiro de conteúdo do IG. Atualmente está a frente da sua agência de comunicação e licenciamento. Redes sociais @thiaggocamilo | @thiaggocamilopress

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo