Coluna Rodrigo TeixeiraNoticias

Food To Save e BEES, plataforma B2B da Ambev, se unem na luta contra o desperdício de alimentos

Com a parceria, pequenos empreendedores do ecossistema poderão comercializar alimentos que estão próximos do vencimento no aplicativo da foodtech

Pensando em soluções para toda a cadeia, o BEES – plataforma B2B da Ambev -, se juntou à startup Food To Save para evitar o desperdício de comida e ainda gerar renda extra aos mais de 1 milhão de pequenos empreendedores donos de bares e restaurantes de seu ecossistema. Juntas, as empresas já evitaram o desperdício de quase 270 toneladas de alimentos e atingiram a marca de R$3 milhões em venda das chamadas ‘sacolas surpresas’ – formadas por um mix de produtos próximos da validade, mas que estão próprios para o consumo.

Ao participar do projeto, pontos de venda parceiros do BEES (bares, restaurantes e padarias), conseguem se cadastrar gratuitamente na plataforma Food To Save para comercializar os alimentos que estão perto da data de validade. Com a iniciativa, é possível dar um destino diferente aos produtos que seriam descartados e ainda fazer renda extra com a venda das sacolas surpresas. “Atualmente estamos com a Ambev em São Paulo e no Rio de Janeiro, onde já estamos atuando há bastante tempo. Temos um grande desafio para revolucionar o cenário do desperdício e reeducar uma sociedade a respeito de um tema tão relevante que requer empresas como a Ambev ao nosso lado. Estamos honrados e confiantes que, juntos, faremos a diferença”, aponta Lucas Infante, cofundador e CEO da Food To Save.

“Estamos unindo todas as pontas para gerar impacto verdadeiramente positivo para a sociedade, promovendo inclusão produtiva e crescimento compartilhado com o ecossistema. Essa parceria vem para fortalecer ainda mais a nossa jornada na luta contra a fome”, comenta Carlos Pignatari, Diretor de Impacto Positivo da Ambev. A companhia conta com uma agenda ESG robusta em andamento, com uma frente dedicada especialmente ao tema. O Ambev Contra Fome já está presente em todo o País e, com essas duas frentes, a cia já evitou o desperdício de mais de 500 toneladas de alimentos.

O Brasil é um dos principais produtores de alimentos do mundo, mas, infelizmente, também é um dos países com o maior índice de desperdício. De acordo com dados do IBGE, cerca de 30% dos alimentos produzidos acabam sendo jogados fora, o equivalente a cerca de 46 milhões de toneladas por ano.

Rodrigo Teixeira

Repórter com mais de 13 anos de carreira. Formado em jornalismo pela Estácio de Sá e pós graduado em Metodologia do Ensino Superior pela Escola do Legislativo do Estado do Rio de Janeiro (Elerj). Com experiência em diversos segmentos do jornalismo, entre eles, no meio corporativo, artístico, e no poder público. Com passagem pelas redações dos maiores portais de internet do país, inclusive á produziu conteúdo para o portal iG. Experiência de gestão, redação e projetos especiais para o on-line dos Jornais O Dia e Meia Hora. Web Repórter da Rede TV, na sucursal do Rio de Janeiro e correspondente do programa "Tô na Fama", da Rede TV do Tocantins.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo