Noticias

Francis Polo esclarece mitos sobre produção de energia solar e dá dicas para quem quer instalar

CEO da Polo Energia conta como é possível se preparar para o futuro próximo e destaca vantagens de possuir o seu sistema fotovoltaico

Segundo a Agência Internacional de Energia (AIE), a capacidade de energia renovável no mundo deve crescer 33% em 2023, impulsionado pelo plano de expansão de energia solar e eólica na China. No Brasil, a energia fotovoltaica é a segunda principal fonte do país, respondendo por mais de 11% da matriz elétrica brasileira, sendo cerca de 7.6 GW geradas por grandes usinas de geração centralizada e 16,4 GWde geração distribuída, formado por sistemas residenciais, comerciais e industriais, conforme dados da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar).

Com a oportunidade, o mercado acaba sendo inundado de profissionais com promessas de vender sistemas residenciais, comerciais e industriais com baixo preço de custo e instalação, porém, muitas vezes, o barato pode sair muito caro. Em busca por se destacar no mercado com um serviço personalizado e exclusivo, Francis Polo, CEO da Polo Energia, decidiu apresentar sua empresa como a solução completa e definitiva em energia fotovoltaica e esclarece as dúvidas mais recorrentes das pessoas que desejam instalar um sistema de energia solar em suas residências.

Sob o lema “O mercado vende produto, nós vendemos soluções”, Francis selecionou uma equipe de profissionais com o objetivo de entregar o produto e serviço certo para a demanda do cliente, de grandes indústrias a instalações residenciais.

“Estamos no mercado há oito anos, e já atendemos as mais diferentes demandas do mercado. Desde pequenas residências que buscam uma liberdade de sua conta de energia até grandes indústrias que buscam aumentar suas margens de lucro através do corte de gastos com energia elétrica”, explica.

No Brasil, um país com altos índices de irradiação solar, podemos dispor de um excelente desempenho dos equipamentos de captação dessa energia solar. Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), em 2022, o país teve um avanço de 66% se comparado ao mesmo período do ano anterior. O governo destina linhas de financiamento voltadas à instalação de energia solar em residências e este fator colaborou para a alta nos números totais.

“É esperado que em 2023 o Brasil aumente mais 52% da sua produção de energia solar limpa. Apesar dos estímulos do governo, o maior fator que leva ao crescimento certamente são os constantes aumentos na conta de luz. A queda de preço dos sistemas fotovoltaicos e as condições climáticas também podem ser destacadas, mas a realidade é que o consumidor final ou o grande empresário buscam economizar, entendendo um payback médio de três a cinco anos. O lucro é certo deste o momento que se opta pela geração de energia, mesmo que por um financiamento, pois a aquele valor que antes você desprendia à concessionaria, e que não retornava. Conta-se também a manutenção mínima do sistema fotovoltaico”, aponta Polo.

Por fim, o CEO aponta um futuro promissor na área de energia solar e garante que a energia solar limpa vai ser cada vez mais a realidade necessária de pessoas e empresas.

“Vamos pensar em dois cenários. O primeiro é o empresário, além da economia óbvia que um sistema fotovoltaico traz, a imagem da sua empresa melhora ao destacar a sustentabilidade, ou seja utilização de uma energia limpa, que não agride a natureza. É uma somatória de lucros e uma evolução natural que todo empresário terá que passar. Para o consumidor final, podemos ver a constante democratização dos veículos elétricos, pesquisadores apontam que, no futuro, todos terão que trocar seus veículos movidos por combustível fóssil por veículos elétricos. Quem possuir um sistema de energia solar em casa, se torna ainda mais sustentável em produzir até mesmo o combustível de seu automóvel”, finaliza.

Gabriella Vivere

Gabriella Vivere, tem em seu currículo um vasto conhecimento tanto na comunicação, quanto em gestão de empresas. Além de jornalista, em seus mais de 15 anos de experiência em conectar pessoas e empresas, ela também é especialista em vendas, grandes marcas, commodities e mercado internacional. A paixão por comunicação surgiu após trabalhar em uma agência multinacional de notícias. Seu talento e expertise com novos negócios lhe deram visão para ampliar suas conexões e experiências profissionais. Assim, abriu sua própria agência de comunicação, assessoria de imprensa e marketing, a Vivere Press, onde acompanha de perto todos os processos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo