Noticias

Ganhar dinheiro com cavalos é possível? Eudes Bicalho conta como começou a produzir grandes animais de raça no haras BJB

“Comecei investindo em 2019, comprando éguas, reproduzindo e agora tenho 70 cavalos registrados”, conta o empresário

Trabalhar diretamente com a criação de cavalos é um negócio aquecido por uma paixão que passa de pai para filho. Eudes Bicalho, que anteriormente atuava no mercado de embalagens plásticas, decidiu em 2020 que era hora de fechar as portas e transformar seu maior hobby em lucro: “Tinha o cavalo como hobby, para dar passeios, andar com grupos de amigos e contemplar a natureza. Em 2018, eu já tinha entre quatro a cinco animais comigo”, recorda ele, que atualmente é dono do haras BJB.

Eudes Bicalho mora em Cotia, mas nasceu em Embu das Artes, localizado na Microrregião de Itapecerica da Serra, no estado de São Paulo. Em exclusividade à coluna, o empresário recorda o exato momento que sentiu que era hora de transformar a paixão pelos cavalos em investimento.

“Fui em um concurso de marcha, achei o negócio interessante e me veio na cabeça a ideia de produzir. Comecei investindo em 2019, comprando éguas, reproduzindo e agora tenho 70 cavalos registrados”, conta.

Na produção de Eudes Bicalho, a raça Mangalarga Marchador é a grande protagonista dos seus negócios. No entanto, investir em produção é um ramo bastante delicado e ele alerta sobre as maiores dificuldades:

“Você tem uma porcentagem pequena de animais que nascem tops de linha, que tem valor agregado e são específicos para participar de grandes competições no Brasil. Mas é muito difícil saber quantos. Então, nesse caso, tem que acertar na mão da reprodução. Posso dizer que tenho muita sorte porque a minha primeira égua que tive ganhou provas”.

Os negócios que envolvem a criação e utilização do cavalo ocupam uma posição de destaque nos países desenvolvidos e em muitos daqueles em desenvolvimento, como o Brasil. Mas o primeiro motivo para Eudes Bicalho trabalhar diretamente com os animais é o amor por eles. “Se não tiver amor, não vai para frente. O cavalo me traz muita alegria. Além disso, me motiva conseguir produzir grandes animais de raça”, diz o dono do haras BJB.

Para 2024, Eudes Bicalho antecipa que tem grandes novidades e quatro animais em grande nível nacional vindo aí. “Qualquer haras de tradição, pode se preparar”, avisa.

Gabriella Vivere

Gabriella Vivere, tem em seu currículo um vasto conhecimento tanto na comunicação, quanto em gestão de empresas. Além de jornalista, em seus mais de 15 anos de experiência em conectar pessoas e empresas, ela também é especialista em vendas, grandes marcas, commodities e mercado internacional. A paixão por comunicação surgiu após trabalhar em uma agência multinacional de notícias. Seu talento e expertise com novos negócios lhe deram visão para ampliar suas conexões e experiências profissionais. Assim, abriu sua própria agência de comunicação, assessoria de imprensa e marketing, a Vivere Press, onde acompanha de perto todos os processos.
Botão Voltar ao topo