Música

Gica divulga última parte de audiovisual que já soma mais de 4 milhões de views, antes mesmo de ser concluído

Nesta sexta-feira, 24 de novembro, Gica concluiu o lançamento do audiovisual ‘Da Rocinha Pro Mundo’. Gravado em maio na Arena X do Morro (SP), para um público de mais de 10 mil pessoas, o projeto, que começou a ser divulgado em partes desde agosto, chega com 18 faixas sendo 8 inéditas.

“Confesso que foi bem difícil pra mim segurar a ansiedade durante esse tempo. Não via a hora da galera ter acesso ao DVD completo e ter a dimensão do quanto esse trabalho ficou lindo e especial”, fala.

Dentre as canções já conhecidas estão hits de grandes ídolos da artista como Thiaguinho, Belo, Soweto, Sorriso Maroto, Jeito Moleque, Imaginasamba, Exaltasamba, Chrigor, Adryana e a Rapaziada, Dilsinho, Pixote, Vitinho, Art Popular, Pique Novo, Revelação, Sampa Crew, Exaltasamba, Péricles Grupo Pra Valer e Pedindo Bis.

“Esse repertório viaja por várias décadas de sucesso do pagode comprovando o quão popular e presente é o gênero. Eu sempre busquei exemplos para me aperfeiçoar e neste projeto eu senti a necessidade de homenagear meus grandes ídolos, artistas que sempre me identifiquei. Muitas das músicas que gravei me trazem ótimas memórias da época em que eu era criança e vivia na Rocinha”.  

Há um ano Gica mudou-se para São Paulo e desde então vem se adaptando muito bem à rotina da cidade. A capital foi o primeiro local que a acolheu e a abraçou de fato, por isso, a decisão de gravar o projeto em terras paulistanas e não em sua cidade natal.

Aliás, a vida de Gica teve uma reviravolta desde que, despretensiosamente, postou o ‘Pagode da Gica’ no YouTube a pouco mais de um ano. Os vídeos viralizaram impulsionados por nomes como Richarlison e Neymar e hoje ela comemora a agenda de shows que tem, em média, 30 shows por mês. Inclusive, Gica é uma das atrações confirmadas no cruzeiro de Neymar Jr. que acontece de 26 a 29 de dezembro.

Gica coleciona números impressionantes para uma artista em início de carreira e da cena independente. São mais de 1.2 milhões de seguidores no Instagram, mais de 20 milhões de streams, mais de 47 milhões de visualizações no YouTube, mais de 900 mil ouvintes mensais no Spotify e parcerias com grandes nomes da música.

Gica se apaixonou pelo pagode por influência do seu pai que era um grande admirador dos grupos Só Pra Contrariar e Exaltasamba. Estudiosa, aprendeu a tocar pandeiro aos 6 anos de idade. Aos 11 entrou nas aulas de cavaco, aos 12 aprendeu violão e, em seguida, percussão. Atualmente segue em constante desenvolvimento com as aulas de canto que iniciou há mais de dois anos. Multi-instrumentista e compositora, Gica relutou um pouco contra a ideia de estar à frente do microfone. Considerada uma das grandes revelações do gênero, a artista cresceu com poucas referências femininas no segmento.

Bebeu na fonte de Beth Carvalho, que ouvia quando pequena, nas rodas de samba que frequentava no Rio de Janeiro. Hoje, acompanha com atenção as oportunidades e os destaques das mulheres no pagode.

Thiaggo Camilo - @thiaggocamilo

Jornalista e assessor de imprensa. Foi jurado do quadro musical do programa Mais Show com Danny Pink na Rede Vida. Colunista do Tô Na Fama!, portal parceiro de conteúdo do IG. Atualmente está a frente da sua agência de comunicação e licenciamento. Redes sociais @thiaggocamilo | @thiaggocamilopress

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo