Política

Lula chora ao falar sobre desigualdade

O presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) discursou neste domingo (1°) para o público que acompanha a cerimônia de posse realizada em Brasília e chorou ao falar sobre desigualdade social. Ele relatou que o país voltou para o mapa da fome e trabalhará para tirar as pessoas da miséria.

“Foi para combater a desigualdade e suas sequelas que vencemos as eleições e essa será a grande marca do nosso governo. Dessa luta surgirá um país forte, próspero e justo, que não deixará ninguém para trás. Reassumo o compromisso de cuidar de todas e todos, sobretudo dos que mais necessitam, o compromisso de acabar novamente com a fome nesse país”, declarou o chefe do Executivo federal.

“Eu e Alckmin assumimos hoje o compromisso de combater, dia e noite, todas as formas de desigualdades no nosso país: de renda, de gênero, raça, na representação política, no acesso à saúde, à educação. A realidade salta aos olhos em cada esquina. É inaceitável viver com o preconceito, a discriminação e o racismo. Ninguém será cidadão ou cidadã de segunda classe. É preciso enterrar o trágico passado escravagista. Os indígenas precisam ter sua dignidade respeitada. Eles são guardiões de nossos rios e florestas, parte fundamental de nossa grandeza enquanto nação. Não podemos continuar a conviver com a odiosa pressão imposta às mulheres, submetidas diariamente a violência nas ruas e dentro das próprias casas. Que recebam menos que os homens em uma mesma função. As mulheres devem ser o que quiserem ser, devem estar onde quiserem estar”, acrescentou.

Lula diz que vai governar para todos os brasileiros

Durante seu discurso, o presidente prometeu governar para todos os brasileiros. Ele pediu que todos se unam para construir um país menos desigual.

“Vou governar para todos e não apenas para quem votou em mim. A ninguém interesse um país em pé de guerra, é hora de reatarmos os laços rompidos por discursos de ódio e disseminação de tantas mentiras. chega de ódio, fake news, armas e bombas. Nosso povo quer paz! A disputa eleitoral acabou! É necessário unir o país, não existem dois Brasis! Somos todos brasileiros e brasileiras! Ainda que nos arranquem todas as flores, é sempre tempo de replantio, a primavera há de chegar, e a primavera já chegou”, completou.

Lula foi empossado neste domingo em cerimônia feita no Congresso Nacional.  Ele recebeu a faixa presidencial de um grupo de pessoas, que recebeu o nome de “povo brasileiro”.

Fonte: Lula chora ao falar sobre desigualdade em discurso

Thiago Michelasi

Thiago Michelasi é jornalista, assessor de imprensa e apresentador de TV. Atualmente é CEO do Tô Na Fama!, portal parceiro de conteúdo do IG e apresentador do Programa Tô Na Fama! em afiliadas da Rede TV!. Além disso é colunista no Cartão de Visita do R7, no IG Gente, no Meia Hora e de diversos outros portais além de já ter sido colunista também no Observatório dos Famosos do UOL. Siga Thiago Michelasi no Instagram: instagram.com/thiagomichelasi

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo