Agenda

Rinoplastia x Rinomodelação: Entenda as diferenças

Dr. Sérgio Cruz, cirurgião plástico, comenta sobre as vantagens e desvantagens de ambos os procedimentos

Modificar a aparência do nariz por meio de técnicas menos invasivas e sem a necessidade de anestesia geral pode ser um grande atrativo. No entanto, é crucial ressaltar que a rinomodelação com preenchedores é recomendada apenas para pequenas correções estéticas, apresentando resultados temporários.

Em vez de uma alternativa à rinoplastia, ela deve ser considerada como uma opção específica para pequenas imperfeições de contorno nasal. O cirurgião plástico Dr. Sérgio Cruz explica as diferenças entre esses procedimentos. A rinoplastia é uma intervenção cirúrgica nasal destinada a fins estéticos e funcionais, como desvio de septo, hipertrofia de corneto e outros.

É importante destacar que a rinoplastia só deve ser realizada por um cirurgião plástico habilitado. Por outro lado, a rinomodelação é um procedimento não cirúrgico que utiliza preenchedores, como ácido hialurônico. Volumizando pontualmente as áreas de irregularidade de contorno. Essa substância é absorvida pelo corpo, resultando em uma durabilidade de 12 meses.

1000083287

No entanto, a rinomodelação não tem o poder de solucionar problemas funcionais, como a hipertrofia dos cornetos ou doenças respiratórias, que requerem intervenção cirúrgica.

A recuperação da rinoplastia exige cuidados específicos, como evitar exposição ao sol, não usar óculos no pós-operatório recente, e realizar lavagens nasais diárias, entre outros. O resultado final só se torna completamente visível após um ano.

Em contraste, a rinomodelação não exige um período pós-operatório prolongado e cheio de cuidados, proporcionando resultados mais rápidos.

De acordo com o Dr. Sérgio Cruz, a rinoplastia é a escolha mais segura para quem busca alterações significativas no nariz. A rinomodelação é menos segura que a rinoplastia, explica o motivo: “Cada vez que a substância é aplicada, existe um risco, ainda que pequeno, de afetar a vascularização, sendo mais segura a aplicação com cânulas em doses moderadas. No entanto, se houver problemas como embolização do produto pode provocar complicações sérias e irreversíveis. Existem técnicas cirúrgicas que considero mais seguras e duradouras para corrigir imperfeições no nariz, já que trabalhamos abaixo da vascularização nasal” afirma o médico.

A rinoplastia pode ser uma grande aliada da autoestima, uma vez que oferece benefícios significativos do ponto de vista emocional, psicológico e social. Em muitos casos, a cirurgia plástica no nariz vai além da estética, ajudando as pessoas a ganharem mais autoconfiança, autoestima e qualidade de vida.

“Assim como todos os procedimentos estéticos, a cirurgia plástica no nariz tem o poder de transformar a autoestima de uma pessoa, especialmente se ela estiver incomodada com algum aspecto do nariz. Isso é normal. Melhorar a estética nasal por meio de uma rinoplastia, mesmo com alterações sutis que apenas a pessoa perceberá, pode provocar uma mudança relevante. Ela se sentirá mais empoderada e autoconfiante!” destaca o Dr. Sérgio Cruz.

Emiliano Macedo

Emiliano Macedo - Jornalista com 20 anos de carreira. Já atuou como produtor, repórter e editor de textos nas emissoras RedeTV (Rio), Globo (TV Rio Sul), Band (Rio) e SBT. Em rádios, passou pela Sociedade 104,1 FM e Band FM 94,9. Também já escreveu para os portais "A Gazeta", G1, GE e GShow. Nos Estados Unidos, trabalhou como redator na sede da Norwegian International, em Miami.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo