Televisão

A Globo Friday já começou!

Novidade do projeto de mídia é a utilização de inteligência de dados 1st party dedicada à data.

A Globo divulgou para o mercado publicitário seus movimentos e oportunidades inéditas atreladas à Black Friday. A antecipação acompanha a tendência de planejamento prévio, cada vez mais crucial para os consumidores e para as marcas. “Temos evoluído nas soluções que compõem os nossos pacotes para a Black Friday. Isso se reflete nos resultados dos parceiros que embarcam com a gente nesse projeto. Desenhamos oportunidades para que os anunciantes aproveitem o melhor deste momento tão aguardado pelo mercado”, declara Valéria Soska, diretora Comercial da Globo. 

A Globo leva ao mercado dois planos comerciais para a Black Friday 2023. A grande novidade, no plano focado em entregas de mídia, é a utilização de dados 1st party dedicados à data. Os formatos e segmentações oferecem aos anunciantes jornadas mais eficientes, contemplando todas as etapas do funil de vendas, nos canais lineares e no ambiente digital. O plano entrega soluções totalmente customizáveis a todos os tamanhos de anunciantes, valorizando a liberdade na construção da estratégia de cada marca, utilizando os formatos publicitários de acordo com os objetivos de negócios, podendo combiná-los dentro do amplo ecossistema de plataformas da Globo.

O segundo plano, focado em ações de conteúdo, tem como destaque o ‘Vem que Tem na Globo’, programa da TV Globo focado em ofertas de Black Friday. Em sua segunda edição, será apresentado por Taís Araújo e Fábio Porchat. No dia 23 de novembro, logo após ‘Terra e Paixão’, os apresentadores conduzem a atração que reúne vendas e entretenimento em um grande show, em que as marcas são as grandes protagonistas. “Neste projeto, a gente tem a liberdade de comunicar, atribuir valor, falar das propriedades das marcas de forma aberta, unindo à nossa maneira única de fazer e criar. O ‘Vem Que Tem na Globo’ traz essa possibilidade de cocriação com as marcas e isso ajuda a construir um conteúdo muito mais vencedor”, pontua Raoni Carneiro, diretor de Gênero da Globo. A primeira edição do programa foi vista por mais de 27 milhões de brasileiros, com mais de 530 mil scans de QR Codes durante a exibição. 

Os detalhes comerciais podem ser acessados pela Plataforma Globo Ads: globoads.globo.com

Estudo inédito da Globo aponta que 62% dos consumidores de classe AB pretendem comprar na Black Friday

Janela estratégica para marcas que buscam aumentar o volume de vendas e fortalecer sua presença no mercado, a Black Friday também gera grande expectativa nos consumidores. É o que aponta uma pesquisa inédita da Globo: 62% dos consumidores de classe AB afirmam o desejo de realizar compras no período. O brasileiro também afirma que pretende antecipar as pesquisas pelos produtos: 26% iniciam suas pesquisas três meses antes da Black Friday e 22% com, pelo menos, um mês de antecedência. Apenas 4% dizem deixar as pesquisas para a véspera da Black Friday. O movimento está em linha com a busca por bons preços, visto que 81% dos consumidores consideram que o planejamento é fundamental para encontrar boas ofertas. 

Já entre os itens mais desejados estão smartphones (24%), calçados, roupas e acessórios (22%), e cosméticos (20%), seguidos por eletrônicos e eletrodomésticos (19%). Na hora de pagar, o cartão de crédito aparece como principal meio para 60% dos consumidores, justamente pela possibilidade de parcelamento. Na sequência aparecem Pix (38%) e cartão de débito (22%). Os que preferem as chamadas carteiras digitais somam 11% e escolhem esse meio, principalmente, pelo benefício do cashback. 

A publicidade é vista como um dos meios mais relevantes para o planejamento dos consumidores. Mais de 70% das pessoas desejam ver na TV anúncios que expliquem as funcionalidades dos produtos. A atenção nesse tipo de anúncio é de 63% na TV aberta e, em canais por assinatura, chega a mais de 50%. 67% declaram que ver um produto na televisão passa mais confiança com relação à marca. Neste cenário, uma das ferramentas de destaque é o QR Code, já acessado por mais de 45% dos entrevistados. 

 O ambiente digital continua sendo o preferido para fazer as pesquisas de preço: 27% dos entrevistados afirmam realizar suas pesquisas em sites de buscas e 25% em redes sociais. Os aplicativos estão se tornando cada vez mais importantes para o varejo, visto que 21% preferem o uso de apps de lojas já instalados no celular. Interessante destacar que entre aqueles que instalaram algum aplicativo especialmente para a Black Friday anterior, 86% o mantiveram instalado após a data, tendo a praticidade (41%) e o acesso à ofertas exclusivas (39%) como aspectos mais interessantes para essa escolha. 

A pesquisa foi realizada com uma amostra de 2.000 pessoas, de todas as classes e regiões do país. Os dados completos podem ser acessados na Plataforma Gente: gente.globo.com.

Thiaggo Camilo - @thiaggocamilo

Jornalista e assessor de imprensa. Foi jurado do quadro musical do programa Mais Show com Danny Pink na Rede Vida. Colunista do Tô Na Fama!, portal parceiro de conteúdo do IG. Atualmente está a frente da sua agência de comunicação e licenciamento. Redes sociais @thiaggocamilo | @thiaggocamilopress

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo