Sustentabilidade

Corredor ecológico garante preservação de espécies em empreendimentos imobiliários

Tendência nos empreendimentos imobiliários, os corredores ecológicos são importantes ferramentas para manter a preservação da fauna e flora em espaços verdes, pois possibilita o deslocamento da fauna e flora entre as áreas isoladas e, consequentemente, a troca genética entre as espécies e a dispersão de sementes. O conceito de Corredor Ecológico surgiu na década de 1980 como estratégia utilizada na conservação da biodiversidade, proporcionando o deslocamento de animais, a dispersão de sementes e aumento da cobertura vegetal. Os corredores ecológicos são instituídos com base em informações como estudos sobre o deslocamento de espécies, sua área de vida (área necessária para o suprimento de suas necessidades vitais e reprodutivas) e a distribuição de suas populações biológicas e humanas.

Foto da maquete do empreendimento Reserva Royal.

Atualmente, sete corredores ecológicos estão em fase de implementação ou estudo pelo Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis). Os investimentos, porém, estão concentrados em três deles, sendo dois com financiamento do programa piloto para a Proteção das Florestas Tropicais do Brasil: o Corredor Central da Mata Atlântica e o Corredor Central da Amazônia.

Localizado em Tijucas em uma propriedade secular da família Bayer, o projeto do Reserva Royal prevê a instalação de um corredor ecológico com a preservação de um maciço florestal de mais de um milhão de metros quadrados dentro de uma área urbanística sustentável quatro vezes maior.

Esse é um dos objetivos programados no Master Plan do Reserva Royal, quando foi idealizado pelo empresário e CEO da Verde & Azul Urbanismo, Luiz Carlos Bayer. “Queremos resgatar as diversas espécies de pássaros e outros animais que se refugiam quando surge a aproximação do homem a partir do crescimento das cidades. Tijucas está crescendo, está próximo de grandes centros urbanos, como Balneário Camboriú e Florianópolis, mas essa área contará com esse maciço florestal, capaz de garantir esse refúgio ambiental”, afirma.

Muitos projetos sobre corredores ecológicos foram propostos no Brasil e podem apresentar diversas escalas (grandes, médios e pequenos), conforme a dimensão e seus objetivos. Embora conte com um maciço florestal de mais de um milhão de metros quadrados, o corredor ecológico do Reserva Royal é considerado de pequena escala e intermunicipal – abrangendo Tijucas e Porto Belo, estando conectado a uma unidade de conservação federal, a Reserva Biológica Marinha do Arvoredo, cumprindo assim objetivos locais de conservação e planejamento territorial.

 Site www.verdeazulurbanismo – Instagram:@verdeazulurbanismo

Tania Voss

Tânia Voss é jornalista formada, colunista social e assessora de imprensa. Tudo começou no Jornal Destaque do município de Taboão da Serra, na editoria de variedades com entrevistas de cantores e artistas famosos da época. Em breve, completará 35 anos de carreira e profissionalismo no Jornalismo. Desde a faculdade atua na área de variedades e especialmente com famosos. Começou escrevendo a Coluna do Gugu nos jornais impressos Popular da Tarde e Diário Popular, depois foi a primeira jornalista e colunista social ainda desconhecida a brilhar no famoso jornal do povão Notícias Populares, agitando o Brasil com suas manchetes bombásticas. Hoje no mercado existem livros e teses sobre o trabalho da jornalista quando trabalhava nos anos 90 no NP. De lá pra cá foi jurada em programas de TV, programas de rádio com notícias de famosos, troféus e homenagens. Como colunista escreveu e representou a Revista Raça Brasil e Raça Visual, por todo o Brasil e exterior.. Colunas em várias revistas, jornais, sites e atualmente assina uma página de famosos no site Cartão de Visita do Portal R7, tem o blog Universo da Fama, além de participações no site da Rede Brasil . As casas mais badaladas, restaurantes, bares, festas, lançamentos, shows, entrevistas, eventos sociais em geral, coletivas de imprensa, bastidores e tudo sobre o meio artístico você vai encontrar aqui. @tania.voss

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo