MúsicaNoticiasTelevisão

Documentários exibidos em outubro na GloboNews são dedicados à música

Em comemoração ao Dia da Música, celebrado neste domingo, dia 1º, todas as produções exibidas na faixa especial de documentários da GloboNews no mês de outubro serão dedicadas ao tema. Neste domingo, o canal exibe pela primeira vez ‘Andança: os encontros e as memórias de Beth Carvalho’, filme que exalta a trajetória artística da cantora carioca que se tornou referência no samba. Ao longo do mês, outros quatro documentários musicais serão exibidos. 

Inédito no canal, o primeiro documentário de outubro conta a história de Beth Carvalho, a “Madrinha do Samba”. Reconhecida como uma das maiores sambistas do Brasil, a cantora ajudou a revelar grandes nomes e a revitalizar o gênero musical. Sua sensível capacidade de percepção da realidade fez com que ela própria documentasse diversos encontros que aconteceram ao longo dos seus 53 anos de palcos e pagode. O documentário, com direção de Pedro Bronz, produção da TV Zero e coprodução da Globo Filmes, GloboNews e Canal Brasil, mostra parte desse vasto acervo pessoal nas mais diferentes mídias e se debruça sobre esse material para traçar um recorte único e íntimo da carreira e da vida de Beth. 

Na semana seguinte, dia 8, o canal reverencia Maria Bethânia com o documentário ‘Maria, ninguém sabe quem sou eu’, de Carlos Jardim. Produzido pela Turbilhão de Ideias com coprodução da Globo Filmes, GloboNews e Canal Brasil, o filme traz um depoimento inédito e exclusivo de Maria Bethânia para o diretor e roteirista Carlos Jardim, intercalado com imagens raras de ensaios e shows da cantora ao longo de seus 57 anos de carreira. A importância de Bethânia no cenário cultural brasileiro é lembrada pela atriz Fernanda Montenegro, lendo cinco textos de autores como Ferreira Gullar e Caio Fernando Abreu, entre outros. 

Dia 15 de outubro é a vez de ‘Alcione, o samba é primo do jazz’. Dirigido por Angela Zoé, o documentário mostra a trajetória musical de Alcione Dias Nazareth, a grande intérprete brasileira, a partir de suas referências musicais, sua inserção no mundo da música e sua relação com família e amigos. A cinebiografia nos aproxima de uma Alcione descontraída, divertida, matriarcal com a vida e o fazer artístico. A produção é da Documenta Filmes com coprodução da Globo Filmes, GloboNews e Canal Brasil.

A trajetória do músico e comediante Mussum é retratada pela GloboNews no dia 22. Primeiro vocalista do grupo ‘Os Originais do Samba’, Mussum fez parte do humorístico ‘Os Trapalhões’, grupo que revolucionou a forma de fazer humor na teledramaturgia brasileira. Com direção de Susanna Lira, produção da Modos Operante e coprodução Globo Filmes, Globonews e Canal Brasil, ‘Mussum, um filme do Cacilds’ revela quem foi esse artista que brilhou por todas as áreas das artes brasileiras e que continua presente até hoje como um ícone pop nas redes sociais, em camisetas e campanhas publicitárias.

Para fechar a série especial comemorativa, ‘Me chama que eu vou’ percorre os momentos mais significativos da vida do cantor, dançarino, ator e dublador Sidney Magal, que se tornou um ícone da música popular brasileira em seus 50 anos de carreira. O filme é dirigido por Joana Mariani, produzido pela Mar Filmes e coproduzido pela Globo News, Globo Filmes, Canal Brasil e Mistika. 

Todos os filmes serão exibidos na faixa GloboNews Documentários, que vai ao ar nas noites de domingo do mês de outubro, às 23h, na GloboNews.  

Thiaggo Camilo - @thiaggocamilo

Jornalista e assessor de imprensa. Foi jurado do quadro musical do programa Mais Show com Danny Pink na Rede Vida. Colunista do Tô Na Fama!, portal parceiro de conteúdo do IG. Atualmente está a frente da sua agência de comunicação e licenciamento. Redes sociais @thiaggocamilo | @thiaggocamilopress

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo