Esportes

Em coletiva de imprensa, Whindersson Nunes revela preparo para High Stakes, em Londres

O influenciador contou os benefícios e autoconhecimento que a luta proporcionou para sua vida; Whindersson ainda expôs expectativa para a disputa

Nesta quarta-feira (12), no hotel Tivoli Mofarrej, em São Paulo, o influenciador digital Whindersson Nunes foi o principal destaque na primeira coletiva de imprensa do torneio High Stakes, ministrado pela empresa Kingpyn. A competição tem data marcada para o dia 22 de abril e será transmitida de Londres, Inglaterra. O artista será um dos oito participantes da competição, que conta somente com celebridades.  O evento contou com a participação de diversos famosos na plateia. Além disso, foi guiado pelos apresentadores do podcast Podpah, Igor Cavalari, mais conhecido como “Igão”, e o Thiago Marques, apelidado de “Mitico”.

O influenciador brasileiro enfrentará o rapper Filip Marcinek, conhecido como “Felipek”, o mais experiente do torneio, com quatro lutas de MMA, sendo duas vitórias e duas derrotas. Whindersson disse ao adversário que observou suas duas últimas lutas, mas que foi muito difícil terminá-las porque estava com “pouquinho de tédio”, segundo ele. Durante a coletiva, o brasileiro exaltou o quanto tem treinado nos últimos meses, já que está na fase final da preparação para a luta.

“Eu treino duas vezes por dia. Só boxe, são duas horas de manhã e duas horas a noite. Parei a minha carreira toda para poder me dedicar a isso. Tenho que me dedicar, preciso ganhar, preciso fazer a ‘parada’. O pessoal tá me vendo; o Brasil tá me assistindo. Não posso chegar lá sem compromisso. Preciso fazer direito, dar o meu máximo, o meu melhor”, contou.

Questionado sobre o motivo que o fez aceitar participar do torneio, Whindersson comentou gostar de dar sentido à vida. O humorista frisou seu gosto pela comédia, música e, também, pela luta. Segundo ele, é um projeto que está dentro da sua esfera.

“Eu sou um artista, e o boxe é chamado pelo mundo como uma nobre arte, né? Então, faz parte, tá dentro do meu ciclo. Eu não quero me tornar um boxeador, mas queria passar pelo que um atleta passa para, se um dia eu precisar interpretar um esportista no cinema, já entender como funciona”, explicou.

O influenciador brasileiro, que tem quase 60 milhões de seguidores no Instagram, disse ter se interessado pelo treino por uma questão de resiliência. Whindersson frisa que, no esporte, é necessário ficar calado, escutar e refletir. Sendo assim, é possível também se conhecer melhor.

“Conheci muito a minha mente, meu corpo, e ficou mais confortável treinar. Hoje, é fácil. Tem sido uma experiência muito legal. Vai ser legal, vai ser bacana – o High Stakes. Espero que vocês assistam e que gostem. Estou fazendo isso porque eu sou da arte, sou do entretenimento. Quero fazer por merecer todo meu treino, o empenho do professor, a dedicação da minha galera. Espero que o Brasil curta muito essa luta”, concluiu.

Gabriella Vivere

Gabriella Vivere, tem em seu currículo um vasto conhecimento tanto na comunicação, quanto em gestão de empresas. Além de jornalista, em seus mais de 15 anos de experiência em conectar pessoas e empresas, ela também é especialista em vendas, grandes marcas, commodities e mercado internacional. A paixão por comunicação surgiu após trabalhar em uma agência multinacional de notícias. Seu talento e expertise com novos negócios lhe deram visão para ampliar suas conexões e experiências profissionais. Assim, abriu sua própria agência de comunicação, assessoria de imprensa e marketing, a Vivere Press, onde acompanha de perto todos os processos.
Botão Voltar ao topo