Business

Fama e negócios: empreendedorismo se torna fonte de renda de artistas

Gabriel Mancine, empresário e mentor comenta sobre de como essa carreira pode ser benéfica

Nos últimos anos, tem sido cada vez mais comum celebridades investir em empreendimentos próprios, pois, passaram a diversificar suas fontes de renda além da carreira artística. Essa tendência pode ser explicada pelo desejo de estabilidade financeira e independência, além de possibilitar a exploração de novos interesses e paixões. A atriz Luma Costa, por exemplo, abriu as portas para uma empresa de homewear e lifestyle chamada Casa Costa, em 2021. Marina Ruy Barbosa, também atriz, é dona de uma loja de roupas para o público feminino, com unidades no Rio de Janeiro, Curitiba e São Paulo. Virginia Fonseca, dona de um dos canais mais lucrativos do YouTube, agora também investe em sua própria linha de cosméticos.

Gabriel Mancine, mentor de carreiras e empreendedor, diz que, em sua perspectiva, é inteligente para qualquer tipo de celebridade escolher usar seu nome para investir em algum tipo de empreendimento próprio. Isso tende a conquistar o público mais rápido, porque o nome, por si só, já é uma marca.

“Ao meu ver, é uma tendência inteligente de todas as celebridades que decidem utilizar alguma oportunidade ou habilidade para investir em empreendimentos próprios. Assim como em todo mercado, no ecossistema das celebridades estar no topo é um fator sazonal. A diferença é como cada um se posiciona no trajeto até lá. Isso me leva a acreditar que a utilização da imagem para vínculo com marcas e soluções para o mercado com produtos e/ou serviços torna-se um grande fator acelerador de resultados”, disse o empreendedor.

Mas, nem toda ideia é concluída com êxito, o empresário alerta. Muitas vezes, é necessário estar acompanhado de alguém que entende do assunto para ajudar. Diante disso, Mancine revela como um empreendedor pode colaborar na criação de uma marca forte no mercado.

“Acredito que o empreendedor pode ajudar em tudo que diz respeito à gestão estrutural do negócio. É importante uma visão estratégica de mercado, gestão administrativa, comercial e financeira, de modo que a celebridade entenda que um negócio de sucesso exige trabalho de longo prazo, focado no cliente e na compreensão de seus desejos e necessidades”, comentou.

“É importante que todas as estratégias estejam atreladas ao desenvolvimento de produtos e serviços que resolvam problemas. Isso faz com que a pessoa que, até então estava focada no mundo artístico, desenvolva sua capacidade de perceber o valor que irá transmitir com o que lançar ao mercado. Tornar esse sucesso algo duradouro dependerá do fato de não haver vaidade, e de todas as partes estarem claras sobre seus papéis”, concluiu.

Gabriella Vivere

Gabriella Vivere, tem em seu currículo um vasto conhecimento tanto na comunicação, quanto em gestão de empresas. Além de jornalista, em seus mais de 15 anos de experiência em conectar pessoas e empresas, ela também é especialista em vendas, grandes marcas, commodities e mercado internacional. A paixão por comunicação surgiu após trabalhar em uma agência multinacional de notícias. Seu talento e expertise com novos negócios lhe deram visão para ampliar suas conexões e experiências profissionais. Assim, abriu sua própria agência de comunicação, assessoria de imprensa e marketing, a Vivere Press, onde acompanha de perto todos os processos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo