Famosos

Gottsha entra em 2023 com projetos que prometem reunir os fãs em todo o país

Após uma temporada de sucesso onde viveu uma Madrasta no musical da Broadway “Cinderella”, e a Cigana, no musical “Bibi, Uma Vida em Musical”, a cantora Gottsha volta aos palcos, no musical “Abba”, com estreia em fevereiro, no teatro Multiplan, no RJ.

Rosie é a melhor amiga de Donna e uma das Dínamos, o trio composto por Donna (Cláudia Netto), Tanya (Maria Clara Gueiros). As três são melhores amigas e se reencontram na Grécia, onde haverá o casamento de Sophie, filha de Donna (afilhada de Rosie) e onde acontecerá o encontro dos três pais da menina. Qual deles seria o verdadeiro pai? Será que eles sabem que tem uma filha? Essa é a trama do musical.

“Fazer Rosie é um sonho antigo, já que não pude fazê-la na primeira versão brasileira, até porque, sou uma cantora e comecei a carreira cantando dance music e superinfluenciada por Abba, então esse é mais um presente que ganhei de Moeller e Botelho (meus tutores) em musicais e muito amigos na vida, tudo começou com eles em minha carreira de musicais e voltar a trabalhar com ambos nesse momento traumático e delicado que estamos vivendo com leveza, humor e amor, é uma dádiva. Felicidade é a palavra de ordem nesse 2023.”, declara.

Foto: Rodrigo Lopes

Após um dueto com Miguel Falabella, com a música “Don´t Go Breaking My Heart”, para o seu EP, “DIVAS”, pela gravadora Spottlight Record, trazendo também 5 remakes internacionais, lançou um clipe que enaltece a beleza das plus sizes, que têm uma autoestima positiva e se aceitam como são. Ela chamou sete misses de diversos estados brasileiros, que participaram e participam de concursos plus sizes.

“A ideia do clipe veio através de um convite para ser madrinha do miss Plus Size Brasil 2022. Quando vi as participantes, a autoestima, beleza e segurança delas, pensei, é isso que quero expor no clipe: o amor próprio que é transformador e deve servir de exemplo para todos nós. Somos uma única raça linda chamada humana”, ressaltou.

Gottsha comenta que infelizmente ainda há sofrimento pelo preconceito da gordofobia e em sua cabeça é inconcebível qualquer tipo de preconceito, não só o gordofóbico, como racial, sexual, xenofóbico, ou seja, lá qual.

“Fui educada para tratar todos igualmente com respeito e amor e só vejo beleza em quem pensa assim”, conclui.

Recentemente, ao lado da cantora e atriz Evelyn Castro, regravaram o hit “Girls Just Wanna Have Fun”, pela Spottlight Record, que apostou na alegria contagiante e no talento das duas artistas, em clima de anos 80, com direito a roupa neon, acessórios coloridos, pirulitos e muito alto astral. A música está disponível em todas as plataformas digitais.

Emiliano Macedo

Emiliano Macedo - Jornalista com 20 anos de carreira. Já atuou como produtor, repórter e editor de textos nas emissoras RedeTV (Rio), Globo (TV Rio Sul), Band (Rio) e SBT. Em rádios, passou pela Sociedade 104,1 FM e Band FM 94,9. Também já escreveu para os portais "A Gazeta", G1, GE e GShow. Nos Estados Unidos, trabalhou como redator na sede da Norwegian International, em Miami.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo