Noticias

Simone Kestelman: Da emoção a consciência social

Artista plástica desafia realidades com suas obras e joias inspiradoras

Simone Kestelman, uma figura de renome no mundo das artes, nasceu na cidade de Niterói, no Rio de Janeiro. Sua ligação com o mundo das artes começou a se formar desde a infância. O cenário cultural do Brasil, serviu como pano de fundo para o desenvolvimento de sua paixão artística. Entretanto, por baixo dessa superfície brilhante, ela não pôde ignorar as correntes de violência e extrema desigualdade socioeconômica que permeavam a sociedade brasileira.

Uma vida dedicada à arte e à consciência social

Desde 2019, a artista plástica tem se dedicado a uma missão através de sua arte: dar voz às vítimas de violência infantil e violência contra mulheres no Brasil. Suas obras falam em alto e bom som sobre questões da vida, morte, amor e ambição. Ela utiliza materiais como vidro e cerâmica, para transmitir uma mensagem urgente e emotiva. Suas esculturas desafiam o espectador, apresentando-o a realidades dolorosas por meio de uma linguagem visual universal.

Do Brasil para o mundo: A ascensão de Simone Kestelman

Simone Kestelman não se contentou em apenas abordar questões sociais em sua obra; ela também se lançou em uma jornada internacional para compartilhar suas criações com o mundo. Em Nova York, onde reside há oito anos, sua arte encontrou um público mais amplo e reconhecimento internacional.

Nos primeiros 18 meses após sua mudança para Nova York, Kestelman surpreendeu a cena artística com 24 exposições individuais, mostrando seu compromisso inabalável com sua missão. Ela também ministrou palestras em faculdades, disseminando sua paixão pela arte e sua mensagem sobre violência.

Uma das peças mais marcantes foi um colar de pérolas que ela colocou na frente de sua casa. Abaixo dele, uma placa explicava o significado: era o primeiro presente que seu marido lhe dera, simbolizando uma relação profunda e, ao mesmo tempo, abrindo portas para a vulnerabilidade.

Sua arte transcendeu fronteiras e se tornou um veículo para a transformação social. Ela cobriu as paredes da entrada principal do Hospital Montefiore, em Nova York, com flores de vidro e fez um jardim no Soroka Hospital em Be’er Sheva, Israel, para celebrar os 70 anos do país. Durante o período da pandemia de COVID-19, Simone ofereceu instalações de arte em algumas das casas onde morava, mostrando que a arte pode trazer esperança mesmo nos momentos mais sombrios.

Reconhecida como uma artista de destaque durante o período da pandemia, a artista montou um tour pela cidade, com 17 pontos de exibição de suas obras, proporcionando um refúgio artístico para aqueles que precisavam.

Joalheria e um novo capítulo no Brasil

Além de suas conquistas como artista plástica, Simone também abraçou a joalheria como forma de expressão. Ela está atualmente preparando o lançamento de suas joias no Brasil, marcando um novo capítulo emocionante em sua carreira.

Foto: Divulgação

Através de sua arte, Simone Kestelman continua a armar e desarmar as pessoas, como ela mesma diz. Suas criações não são apenas objetos de beleza, mas também catalisadores para a reflexão sobre as questões mais profundas que permeiam nossa sociedade. Ela é uma voz íntima e emotiva que ecoa através de sua arte, convidando todos nós a refletir e agir em busca de um mundo mais justo e compassivo.

Gabriella Vivere

Gabriella Vivere, tem em seu currículo um vasto conhecimento tanto na comunicação, quanto em gestão de empresas. Além de jornalista, em seus mais de 15 anos de experiência em conectar pessoas e empresas, ela também é especialista em vendas, grandes marcas, commodities e mercado internacional. A paixão por comunicação surgiu após trabalhar em uma agência multinacional de notícias. Seu talento e expertise com novos negócios lhe deram visão para ampliar suas conexões e experiências profissionais. Assim, abriu sua própria agência de comunicação, assessoria de imprensa e marketing, a Vivere Press, onde acompanha de perto todos os processos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo