Música

Treta! MC Deise Loura acusa cantora Ludmilla de plágio

Segundo a jornalista Newma Santiago do site Observatório dos Famosos, novamente a cantora Ludmilla se encontra envolvida em acusações de plágio, por funkeiros que fizeram sucesso nos anos 2000.

A música plagiada da vez é “Todo mundo Louco” que fez sucesso nas periferias cariocas na voz de MC Deise Loura, vocalista do Bonde das Louras, e agora se encontra com o refrão, no novo álbum de Ludmilla, “Vilã”.

Compare a música com Deise Loura que foi faixa do DVD da Furacão 2000 – Tsunami:

E com a música de Ludmilla:

Deise relata que por diversas formas, sem sucesso, tentou falar com Ludmilla.

Como ela pode falar que canetou, um refrão que já existe? A música já foi regravada pelo MC Maneirinho que inclusive me procurou, conversou comigo, para acertar tudo direitinho. Não quero nada de ninguém, só meus créditos e o que me é de direito. A gente tem que respeitar nossas raízes!” revela Deise Loura.

MC Deise faz sucesso desde os anos 90 com a música “Aquele menino” que recentemente foi regravada com o cantor Filipe Ret.

 “O Ret é um irmão, dá sempre a maior força para os artistas da antiga, nos ajudando, incentivando a mostrar que o funk não começou de agora. Existe Respeito mútuo! Estamos há tempos na luta! Queria entender o porquê ela, sendo uma mulher guerreira, militante, que sofre preconceitos por ser do mundo funk, fazendo coisas como essa…” confidenciou chateada Deise. 

Não é a primeira vez que Ludmilla se encontra em meio às acusações de plágio. 

Outros que também se encontram atrás de seus direitos autorais é a dupla Cleiton e Reinaldo do Bonde Quebra Tudo, que viram um trecho de sua composição sendo gravada sem autorização pela esposa da Bruna Gonçalves.

A música “Vem amor bate não para” também fez um sucesso estrondoso nos anos 2000, onde tiveram a participação da MC Mel.

“Não entendemos nada, estamos até hoje esperando uma posição dela, da gravadora, editora. Ninguém nos procurou para nada. Então agora é assim? Podem pegar nossos trabalhos e simplesmente gravar como se fossem deles? Estamos correndo atrás de nossos direitos. Ficamos tristes, pois se ela (Ludmilla) quisesse, teríamos várias músicas inéditas que com certeza serão sucesso para ela gravar. Era só pedir” confidenciou Cleiton do Quebra Tudo.

Thiaggo Camilo - @thiaggocamilo

Jornalista e assessor de imprensa. Foi jurado do quadro musical do programa Mais Show com Danny Pink na Rede Vida. Colunista do Tô Na Fama!, portal parceiro de conteúdo do IG. Atualmente está a frente da sua agência de comunicação e licenciamento. Redes sociais @thiaggocamilo | @thiaggocamilopress

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo