Política

Vitrine do Polo de Ecoturismo de São Paulo começa a operar no Mercado de Pinheiros

Produtos artesanais do Polo são comercializados no espaço municipal, que foi inaugurado dia 23 de janeiro

A Vitrine do Polo de Ecoturismo de São Paulo já é realidade e começou a operar ontem (23/01), no Mercado Municipal de Pinheiros. A iniciativa é da Coordenadoria de Desenvolvimento Sustentável (CCDS) da Secretaria Municipal de Relações Internacionais, em parceria com a Secretaria Executiva de Segurança Alimentar, Nutrição e Abastecimento, responsável pelos mercados e feiras da cidade, além da Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania da Prefeitura de São Paulo. Também é uma parceria da Aprupar (Associação de Produtores Rurais de Parelheiros e Região).

O projeto tem como objetivo a promoção e comercialização dos produtos do território e terá duração de 90 dias. Os visitantes terão acesso à exposição, degustação e comercialização de produtos artesanais produzidos pelos agricultores locais. É também propósito da Prefeitura fomentar o ecoturismo e desenvolver a agricultura familiar, sustentável e orgânica na região.

Expositores e autoridades durante a inauguração do box, no Mercado de Pinheiros.
Foto: Jose Cordeiro/ SPTuris.

Segundo Ivanilton Pereira, o Dodô, assessor técnico de Desenvolvimento Sustentável da CCDS, e que trabalhou diretamente na concepção do espaço: “Este local reúne um mix de produtos e serviços com foco na promoção da economia circular, o que gera emprego e renda a pequenos empreendedores e fortalece o crescimento de uma outra modalidade de turismo na capital, com uma pegada de desenvolvimento sustentável – compromisso do Plano de Metas da Gestão Ricardo Nunes”.

Dodô e Michele Vicente (CCDS), durante a inauguração. Foto: Jose Cordeiro/ SPTuris.

Além de Dodô, também estiveram presentes à inauguração o secretário-executivo de Segurança Alimentar, Nutrição e Abastecimento, Carlos Fernandes; representantes da Subprefeitura de Parelheiros e do Congetur (Conselho de Turismo do Polo); associações atuantes no território, como Sebrae e Adesampa; SPTuris, responsável pela execução das operações, entre outras autoridades.

O Polo de Ecoturismo de São Paulo é rico em natureza, cultura e economia criativa. Além de sítios com produção orgânica, a região conta com diversos empreendedores que produzem geleias, cachaças, licores e antepastos, feitos com produtos típicos da Mata Atlântica; frutas desidratadas; meliprodutos; bordados, artesanato e arte ecológica sustentável; cosméticos naturais (sem testes em animais); produtos orgânicos certificados; funghi e derivados; legumes e verduras orgânicas; PANCs (plantas alimentícias não convencionais); compostos orgânicos, entre outros itens, todos feitos artesanalmente, na região mais ecológica da cidade.

Compostos orgânicos da Planta Feliz Adubo. Foto: Jose Cordeiro/ SPTuris.

Para saber mais sobre o Polo e a Vitrine do Polo, acesse:
Site: www.polodeecoturismosp.com
Redes Sociais: @polodeecoturismosp

Redes Sociais dos Expositores:
1. Agulha Doce – @agulhadoceoficial
2. Ateliê Samaruka – @ateliesamaruka
3. Casa da Girafa Ateliê – @casadagirafaatelie
4. CoguLi – @coguli
5. Frutilha – @frutilhaoficial
6. Mondury Bee – @mondurybee
7. Mulher Rendeira – @sou_mulher_rendeira
8. Nolunesa – @nolunesa
9. Pérola Cosmétick – @shirleyperola
10. Planta Feliz Adubo – @plantafelizadubo
11. Recanto do Jakinha – @recantodojakinha
12. Recanto Magini – @recantomagini
13. Sítio Nossa Vida – @sitionossavida
14. The Roça Park – @therocapark


Sobre o Polo de Ecoturismo de São Paulo

O Polo de Ecoturismo de São Paulo é um território extenso, que ocupa cerca de 28% da área do município. É subdividido em três distritos, sendo Parelheiros e Marsilac na Subprefeitura de Parelheiros, e um trecho do distrito de Grajaú, parte da Subprefeitura de Capela do Socorro, com destaque para o bairro da Ilha do Bororé.

Localizado no extremo Sul da cidade, o Polo de Ecoturismo de São Paulo nasceu por meio da lei municipal n° 15.953/14, como parte de um projeto gerador de recursos, negócios, renda, empregos e com total compromisso com o meio ambiente e as futuras gerações. O território ocupa cerca de ¼ da cidade de São Paulo e é caracterizado pelos contrastes característicos da maior megalópole brasileira: quilômetros de Mata Atlântica intocada, rios de água limpa, aldeias indígenas e produção orgânica.

A região possui uma grande importância e riqueza ambiental. Ao longo dos mais de 400km² de extensão, encontram-se importantes unidades de conservação, como áreas de preservação ambiental, parques naturais, reservas particulares de patrimônio natural, além da Terra Indígena Tenondé Porã. Parte da extensão do Polo é definida como zona rural.

Em toda essa extensão territorial é possível encontrar atrações, como cachoeiras de águas cristalinas, sítios agroecológicos, patrimônio histórico e importantes marcos culturais da cidade.Nesse universo tão singular, o ecoturismo e o turismo de base comunitária vêm sendo tratados como ferramenta universal, capaz de induzir o desenvolvimento e, ao mesmo tempo, preservar o rico patrimônio natural. Mesmo tão perto do núcleo urbano, no Polo de Ecoturismo de São Paulo turistas e moradores têm a oportunidade de desfrutar de experiências típicas do interior: passeios a cavalo, cachoeiras, esportes radicais, passeio de trator, colheita de legumes e verduras orgânicas, entre outras atrações.

Recanto Magini traz produtos feitos com frutos da Mata Atlântica. Foto: Jose Cordeiro/ SPTuris

Sobre o Mercado Municipal de Pinheiros

O Mercado Municipal Engenheiro João Pedro de Carvalho Neto, mais conhecido como Mercado de Pinheiros, foi inaugurado em 1910. Erguido primeiramente onde hoje é o Largo da Batata, na Av. Brigadeiro Faria Lima, devido a esse ser então um ponto estratégico no caminho de tropeiros e comerciantes, era o preferido dos produtores oriundos do interior do Estado. Depois, foi reerguido no atual endereço, em 1971. Atualmente, conta com 39 boxes, entre empórios, mercearias, peixarias, quitandas etc., além de opções gastronômicas.


Mercado Municipal de Pinheiros. Foto: Jose Cordeiro/ SPTuris.

Vitrine do Polo de Ecoturismo no Mercado de Pinheiros

A loja Vitrine do Polo de Ecoturismo de São Paulo fica no piso inferior do Mercado.
Endereço: Rua Pedro Cristi, 89 – Pinheiros
Funcionamento: de segunda a sábado, das 8h às 18h
Redes Sociais: @mercadodepinheiros

Thiago Michelasi

Thiago Michelasi é jornalista, assessor de imprensa e apresentador de TV. Atualmente é CEO do Tô Na Fama!, portal parceiro de conteúdo do IG e apresentador do Programa Tô Na Fama! em afiliadas da Rede TV!. Além disso é colunista no Cartão de Visita do R7, no IG Gente, no Meia Hora e de diversos outros portais além de já ter sido colunista também no Observatório dos Famosos do UOL. Siga Thiago Michelasi no Instagram: instagram.com/thiagomichelasi

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo